Líder da bancada governista na Câmara Municipal, o vereador Marcos Lima (DEM) esclareceu sobre o corte nas gratificações de professores municipais e solicitou que a prefeitura reveja a suspensão dos estagiários municipais.
O líder da bancada governista explicou que a redução foi aplicada apenas nas gratificações acrescidas ao salário. “Na verdade, não estão sendo cortados os salários, o que está sendo cortado são as gratificações como horas extras e deslocamento”, esclareceu.
O parlamentar ainda opinou sobre a possível suspensão dos estagiários municipais. “Acho que este não é o caminho. O estágio é um meio social de ajudar o próximo, principalmente, aos que necessitam de pagar a faculdade e ajudar em casa. Então, vamos conversar com o prefeito e também com o secretário da Fazenda, Expedito Eloy, para estudar a possibilidade de rever a situação dos professores e também dos estagiários”, garantiu.
Em aparte, o vereador Lulinha (DEM) reforçou a importância de garantir o estágio aos estudantes que utilizam, em boa parte, o salário para arcar com as despesas da faculdade.