A presença do deputado federal Zé Neto (PT) na entrega gratuita de kits com máscaras laváveis e álcool em gel, realizada pelo Estado com apoio do Município de Feira, em feira livres da sede e no distrito de Humildes, causou polêmica no domingo (27). Vereadores da base governista mantiveram contato com o Protagonista para reclamar. “Ele quer tirar proveito político”, disse um dos vereadores ao blog, seguido por mais quatro governistas.
A entrega foi possível por conta da doação feita pelo Governo do Estado ao Município, que repassou a coerciantes e clientes álcool em gel e máscaras laváveis, produzidos por cooperativas e associações contratadas.
Zé Neto ainda acompanhou a distribuição de máscaras no distrito de Humildes, feita pela 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), comandada pelo major Cavalcante.
Em contato com o Protagonista, Zé Neto reagiu com bom humor e ironia à reclamação dos vereadores feirenses: “Foi uma ação conjunta com o governo municipal e PM. São ações para aproximar mais Estado e Município nas ações de combate ao coronavírus. Mas são contraditórios (vereadores), porque há pouco tempo cobravam a presença de Zé Neto em ações na cidade. Agora reclamam porque estamos indo para a linha de frente também. A história que querem polemizar é outra”, argumenta.