Ainda não foi divulgada a causa da morte do comandante da Guarda Municipal de Feira de Santana. Antônio Élio tinha 44 anos de idade e há 14 anos integrava a Guarda. O prefeito Colbert Filho decretou luto oficial de três dias no município. 
"Estamos chocados. O comandante era um servidor público exemplar, que vinha cumprindo sua missão com muita eficiência e dedicação. Lamentamos profundamente", disse o prefeito.
O secretário de Prevenção a Violência e Promoção Direitos  Humanos, Moacir Lima, diz que a notícia pega a tropa de surpresa, pois até pouco tempo o comandante estava em ação, na linha de frente do trabalho de campo da Guarda Municipal.
"Um servidor de excelência, muito respeitado e querido de todos, sempre disposto a colaborar. Jamais dizia não", elogia o secretário. Ainda não há informações  sobre velório e sepultamento do comandante.
(Informações e foto: Secom)