“A empresa São João não vai parar”. A declaração é do empresário Marco Franco, da empresa de ônibus São João. Em entrevista exclusiva ao Protagonista, o executivo se colocou à disposição do prefeito Colbert para intermediar alguma solução para a crise gerada pelo anúncio da empresa Rosa, de suspensão do contrato com a prefeitura de Feira.
“Vou procurar o prefeito Colbert e me colocar à disposição para equacionar o problema, porque essa paralisação em uma parte da cidade, afeta as operações da São João, também”, salienta Franco.
Marco Franco está em Sorocaba, sua cidade Natal. Ao Protagonista se diz perplexo “com a velocidade com que as coisas aconteceram em Fera de Santana”.
“A situação, realmente, do ponto de vista financeiro, não está bem em Feira de Santana para as empresas. Porém, é uma situação extensiva ao país. O sistema de transporte enfrenta crise. Sabemos que a orientação é ficar em casa. Mas para resolver essa situação difícil, é preciso serenidade”, avalia Marco Franco.
A empresa Rosa, que presta serviço no transporte coletivo urbano de Feira de Santana, informou na manhã desta sexta-feira (8), que vai deixar de prestar o serviço na cidade. Por meio de nota enviada ao Acorda Cidade, a Rosa comunicou que vai rescindir o contrato com a Prefeitura alegando grave quadro financeiro. Nenhum veículo da Rosa está circulando, impedidos de sair da garagem por um bloqueio de moradores da zona rural de Feira, insatisfeitos pela retirada de veículos de algumas, que passam a ser atendidas por vans do sistema alternativo.