Os níveis de isolamento social registrados nos últimos dias em Feira de Santana seguem abaixo do mínimo admitido pelo Ministério da Saúde. Na quinta (28) e na sexta (29), por exemplo, os índices foram de 47,2% e 46,1%, respectivamente. O índice considerado satisfatório é de 70%.
Abaixo de 50%, o nível é visto como abaixo do mínimo admissível e, por isso, preocupante. O município ainda não conseguiu alcançar a taxa considerada satisfatória, mesmo como todas as recomendações do Governo Municipal e as ações de fechamento do comércio e força tarefa de combate a aglomerações. Muito se deve à desobediência de parte da população, que insiste em ignorar os riscos e perigos do coronavírus.
Os números são apresentados através de uma ferramenta de medição disponibilizada pelo Governo Federal, através do Ministério do Planejamento e adotada pela Prefeitura Municipal.
Assim como nos demais dias, os números vêm indicando uma queda de adesão ao isolamento, desde o segundo dia que começou a ser contabilizado – o maior índice foi no domingo (24 de maio), com 51,7%. A menor taxa foi a apresentada na última sexta, de 4.6,1%.
A tecnologia é executada a partir de dados fornecidos pelas grandes operadoras de telefonia celular no país (Claro, TIM, Oi e Vivo). O serviço verifica a movimentação das pessoas e aglomerações através dos seus smartphones.