O movimento no antigo Feira Tênis Clube está intenso. E não é de artistas, associados e convidados, como aconteceu durante décadas. O som no antigo imóvel não é de acordes, mas, sim, do barulho das máquinas e dos trabalhadores jogando ao chão boa parte do que restou do “Aristocrático”.
O Feira Tênis Clube, desapropriado pela Prefeitura de Feira, será transformado em um Centro de Educação Complementar, voltado à captação e formação pedagógica permanente da Rede Municipal de Ensino, com ênfase na promoção de atividades esportivas e culturais.
A obra está orçada entre R$ 20 a R$ 30 milhões, e deverá ser concluída dentro de um ano e meio.
SAUDADE - Fundado em meados da década dos anos 1940, o Feira Tênis Clube, em seu apogeu, viveu momentos de glória, com suas festas e atrações antológicas, prestando grande contribuição para a formação de jovens atletas e para o esporte amador da cidade.
Vai ficar a saudade dos milhares de feirenses que curtiram parte de  sua infância e juventude no antigo clube social, sufocado em seus últimos dias por gestões incompetentes.