O superintendente municipal de Trânsito, advogado Euclides Artur, assumiu a função em abril, mas já entrou na alça de mira de vereadores.
A vereadora Neinha Bastos (DEM) criticou Euclides Arthur na sessão dessa quarta-feira (6), “porque não procurou os 21 vereadores da Câmara Municipal para se apresentar e se colocar à disposição”.
“Como é que a pessoa assume um cargo tão importante e não nos procura, não vem à Câmara de Vereadores para se apresentar e se colocar à disposição? Quando as pessoas querem reclamar sobre algo relacionado à pasta vêm aqui atrás de nós. É preciso ter parceria”, pontuou a vereadora.
Eli Ribeiro (MDB) concordou com o discurso da colega e pediu a palavra. “Acho que é uma falta de respeito e de educação. Os vereadores precisam ser respeitados. Compartilho com a senhora essa indignação”, disse.