O radialista e ex-deputado estadual Carlos Geílson viveu, na última semana, uma experiência inesquecível, mas que ninguém gostaria. Testado positivo para coronavírus, teve complicações de saúde e ficou entre a vida e a morte em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Bahia, em Salvador.
Todo o drama vivenciado durante a luta pela vida está em um áudio, em participação no seu programa matinal na rádio Transamérica, na segunda (20). Emocionado e com a voz embargada, Carlos Geilson relatou, em detalhes, a evolução da doença e os efeitos da covid-19 em seu organismo.
“Meu filho Tiago dirigia o carro em direção a Salvador e eu ali, vomitando, sem conseguir respirar direito, desmaiando. Foi terrível”, conta.
Ao agradecer a Deus, à família e aos muitos amigos, Geílson não conteve as lágrimas. “Ali, em um quarto de UTI, isolado, muita coisa passou pela minha cabeça, mas em nenhum momento a fé em Deus foi abalada. Entreguei minha vida a Ele”, diz, emocionado.
Pré-candidato a prefeito de Feira de Santana pelo Podemos, Geílson diz estar de energia renovada, apesar de ainda se recuperar, em casa, dos efeitos físicos da doença.
“Deus tem uma missão para mim. E meu projeto de vida, agora mais que nunca, passa por fazer algo que seja em forma de gratidão. Renasci como uma fênix, pronto para seguir minha caminhada com a fé renovada em Deus e na vida”, pontua Geílson.