Uma reunião na manhã deste domingo (19) vai definir se o comércio de Feira será reaberto ou não na próxima segunda (20). Em contato com o Protagonista, neste sábado (18) o prefeito Colbert Filho informou que vai reunir alguns secretários para embasar sua decisão.
O prefeito destacou que vai levar em conta a informação do Protagonista sobre a baixa taxa de ocupação de UTIs neste momento (leia mais), com média de 31% de ocupação dos leitos disponíveis nas unidades públicas de saúde.
Com a taxa de ocupação de leitos de UTI considerada “confortável”, cria-se um cenário mais favorável à flexibilização das atividades comerciais já na próxima semana.
O próprio prefeito destacou que quando adotou medidas mais duras de combate ao coronavírus no município, como toque de recolher, considerou a escassez de vagas de UTI em Feira há 15 dias. “O problema da falta de leitos de UTI está superado. Além das informações do Protagonista em relação às vagas em unidades públicas, como o Hospital de Campanha, fui informado que nos hospitais particulares a situação também é mais confortável. Nos hospitais Unimed e São Mateus, por exemplo, a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 50%”, informa Colbert.