Em entrevista ao Protagonista neste sábado (25), o ex-deputado federal Sérgio Carneiro, atual secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, confirma que o Partido Verde (PV) marcha com o prefeito Colbert nas eleições municipais de novembro. Também explica, com detalhes, como foi a divisão na Sedur, com a Superintendência de Manutenção ficando a comando de José Pinheiro. Confira a seguir a entrevista completa.
O Protagonista - Alguns cargos técnicos importantes da Sedur foram transferidos neste fim de semana para a Superintendência. Essas vagas na Sedur serão preenchidas quando? Qual critério das contratações? Técnica ou política?
Sérgio Carneiro – Houve um remanejamento de pessoas e cargos. Ambos saem da Sedur para a Superintendência de Manutenção que ficará responsável pela operação tapa-buracos, conservação das estradas dos distritos, reforma e manutenção dos prédios públicos, escolares e de saúde. A Sedur ficará com as obras novas, fiscalização das obras na cidade, lei, uso e ocupação do solo. Na verdade, os dois ou três cargos que se abriram foram preenchidos tecnicamente como foi o caso do engenheiro Luiz Paollilo, antigo servidor concursado e dos melhores da casa.
O Protagonista - Qual seu maior desafio na Sedur?
Sérgio Carneiro – São muitos, mas já vencemos o primeiro que foi a conclusão da informatização total da Sedur. Não será mais necessário ir fisicamente à Sedur para dar entrada ou acompanhar seus processos. Tudo poderá ser feito remotamente e o prefeito Colbert poderá anunciar isso a qualquer momento para amplo domínio de todos com a publicização. A informatização permite uma maior transparência e melhor fiscalização por parte dos concorrentes, interessados, imprensa e dos órgãos fiscalizadores. É o que queremos. Com a divisão da Secretaria, poderemos dar maior eficiência também aos trabalhos de fiscalização e à área de uso e ocupação do de solo. Foi uma excelente ideia a divisão. E o ex-secretário José Pinheiro tem muita experiência na área de manutenção. Foi bom para os dois, essa divisão.
O Protagonista - O Partido Verde (PV) alinha com o governo Colbert. Também fechou para as eleições de novembro com sua chegada ao governo municipal?
Sérgio Carneiro – Sim. Com a saída do meu querido amigo vereador Roberto Tourinho para o PSB e a chegada de novos membros por conta da necessidade da formação da chapa de vereadores, que temos completa e competitiva, e para isso cumpre um agradecimento ao amigo Humberto Cedraz que nos ajudou, esses novos membros reposicionaram o partido ao encontro da reeleição de Colbert. Isso, sobretudo, facilitou o convite que me foi feito, pois seria estranho a Colbert me convidar por amizade, por conhecer o meu trabalho, querer contar comigo e o partido ao qual estou filiado ficar na oposição.