Agora é oficial. Nomeado nesta terça (21), secretário municipal de Desenvolvimento Social - pela terceira vez retorna à pasta -, Pablo Roberto Gonçalves desistiu de disputar a reeleição à Câmara de Vereadores. Confirmou o que o Protagonista já havia adiantado há alguns meses (leia mais): Pedro Américo Lopes, atual chefe de Gabinete da Sedeso, será o candidato a vereador representando o grupo de Pablo.
Além disso, Pablo confirma que disputará as eleições em 2022, provavelmente para deputado estadual. "No mundo político não podemos pensar apenas no individual", acentua. Confira abaixo entrevista ao Protagonista.
O Protagonista - Por que voltar à Sedeso neste momento?
Pablo Roberto - Após avaliação do cenário político e social, entendo que retornar à Sedeso é uma forma de continuar servindo à população de Feira de Santana, principalmente após os problemas sociais que se multiplicaram com a pandemia. Após minha descompatibilização havia uma instabilidade sobre as novas datas para a eleição. Com a definição do pleito para 15 de novembro, avaliamos que o retorno seria a melhor opção. Debatemos muito, pensamos de forma coletiva, existiam muitas possibilidades, mas no mundo político não podemos pensar apenas no individual. Oportunamente, se Deus permitir, voltarei a disputar cargo eletivo, em 2022.
O Protagonista - As pessoas nomeadas pelo sr no Gabinete da Câmara permanecem?
Pablo Roberto - O suplente tem autonomia para resolver da forma que ele achar melhor - Josafá já afirmou ao Protagonista que não vai mudar ninguém no Gabinete (leia mais).
O Protagonista - Com esse retorno à Sedeso o sr. muda seus planos em relação às eleições municipais de novembro?
Pablo Roberto - Sim. Não serei candidato à reeleição. Pedro Américo Lopes assume o desafio de, na próxima eleição, representar o nosso grupo como candidato a vereador.