Em sua coluna Ponto e Vírgula desta terça (28), publicada no jornal Folha do Estado, o ex-deputado, empresário, articulista político e jornalista Humberto Cedraz afirma que o deputado estadual Tom ameaça se rebelar e deixar o barco governista. Motivo: a nomeação de Jairo Filho e Sérgio Carneiro para o primeiro escalão do governo Colbert. Matéria divulgada no Protagonista (leia mais).
Na leitura de Humberto, Tom "estrebuchou" porque queria indicar um secretário. "Foi se queixar a José Ronaldo", afirmou Cedraz.
Confira a nota na íntegra: "Depois da indicação de Jairinho Carneiro por Iure do PSDB, e o ato contínuo do terceiro retorno do que nunca foi (Pablo Roberto), Tom, se insubordinou. Desde quarta-feira da semana passada, no programa de Juarez Fernandes e em sites da cidade, o deputado estadual Tom (sem partido) 'estrebuchou', reclamando que a periferia não estava tendo espaço, e sugerindo que ele gostaria desse espaço para indicação sua. Por conta disso, ele ameaçou buscar outro rumo, e depois foi se queixar com o líder José Ronaldo (DEM), informando que sairia do barco governista. Continua esperando ser chamado".