No bom jornalismo é chamado de “barrigada” quando um profissional ou veículo de comunicação comete um erro grave. Foi justamente o que aconteceu nesta terça (25) com alguns sites e blogs que divulgaram, equivocadamente, o afastamento definitivo do deputado Tom do mandato parlamentar.

Uma situação bem esclarecida pelo advogado do deputado feirense, Gutemberg Boaventura, no programa Diário da Feira, na rádio Subaé, apresentado pelo radialista Juarez Fernandes.

“Durante o recesso parlamentar, agilizamos 28 novas certidões sobre o processo - que apura eventual irregularidade cometida na eleição em 2018. Com isso, o Tribunal acatou essas novas provas robustas que trouxemos e, neste momento, o mandato do deputado Tom está mantido até que novo julgamento seja realizado”, explica o advogado.

O que gerou a “barrigada” dos sites e blogs que divulgaram, precipitadamente, o afastamento definitivo do deputado Tom, foi divulgar uma decisão anterior, gerada em 02 de junho de 2020, quando as novas provas e argumentos ainda não haviam sido apresentados pela defesa de Tom.

Conduta agravada pela falta de contato dos blogs e sites com seus advogados e até mesmo com o próprio deputado.

“Com essas novas provas, acredito que cresceram as chances de o mandato ser mantido definitivamente. Porém, é de 100% a possibilidade de o mandato ser mantido até novo julgamento do mérito, que pode acontecer apenas ano que vem, pois neste momento o Tribunal está focado nas eleições municipais”, acentua o advogado Gutemberg Boaventura, especialista em Direito Eleitoral.