Sempre uma boa leitura para quem quer estar atualizado nos bastidores da política feirense, a coluna Ponto e Vírgula, do jornalista, empresário, analista político e ex-deputado Humberto Cedraz traz uma grave denúncia em sua edição de sexta-feira passada (31/7), no jornal Folha do Estado.

Com o título “Canibalismo”, a nota afirma que existe compra (em dinheiro) de apoio político entre pré-candidatos a vereador em Feira de Santana. “Até dinheiro tem sido oferecido. Isso é compra, a legislação não ampara”, diz trecho da nota.

Confira a íntegra da nota de Humberto no jornal Folha do Estado: “Com a impossibilidade de fazer visitas até para manter contato com lideranças, pré-candidatos a vereador com potencial financeiro estão em busca de outros candidatos, até do próprio partido para fazerem propostas para que os outros colegas desistam do seu sonho. Até dinheiro tem sido oferecido, isso é compra, a legislação não ampara. Quando o demônio chegar com essa tentação, apresente a cruz e o denuncie ao Ministério Público Eleitoral”.

Cedraz deve saber bem o que denunciou, pois conhece como ninguém os bastidores políticos de Feira de Santana. Neste caso, o Ministério Público deve agir, imediatamente. Inclusive solicitando os nomes dos compradores e dos comprados. Na nota não foi citado nenhum nome.