Uma coisa ficou clara na Live desta segunda-feira (17) do pré-candidato a prefeito Carlos Geílson e do deputado Targino Machado: o alvo da campanha deverá ser o governo municipal, Colbert e José Ronaldo.

A Live mostrou um Carlos Geílson antenado com os problemas da cidade e disparando torpedos sobre o governo Colbert. Transporte coletivo, escolar, zona rural, BRT e Shopping Popular foram temas abordados. “Quero que o BRT seja inaugurado antes da eleição de novembro para os feirenses saberem do fiasco que é o projeto”, destaca Geílson.

TARGINO - O deputado Targino cumpriu a palavra e evitou xingamentos. Porém, bateu duro na gestão, no prefeito e, principalmente, em José Ronaldo. “Vou questionar na Justiça os gastos daquela megaprodução da Live do ex-prefeito, que mais parecia show sertanejo. Quem pagou?”, indaga o deputado.

Como era esperado, Targino não deixou de citar as investigações sobre suspeita de desvio de dinheiro na saúde. “Vamos para uma campanha sem xingamentos, mas sem poupar ninguém”, acentua o deputado.

“Em sua Live José Ronaldo falou de uma cidade imaginária, sem problemas, que não é Feira de Santana. Anunciou obras, humilhando seu candidato. Feira precisa de um governo que dialogue com o povo, com novas ideologias e sem protagonismos”, pontua Targino.

Pelo menos desta vez o deputado Zé Neto, pré-candidato a prefeito pelo PT, ficou invisível para Targino e Geílson.