A Vara da Fazenda Pública decidiu suspender a denominada "Blitz do IPVA" em Feira de Santana. Realizada com bastante frequência na cidade, a operação resulta em apreensão e recolhimento, ao pátio do Detran, de automóveis e motocicletas que estejam com o tributo (Imposto sobre Veículos Automotivos) atrasado.

Uma ação do vereador Edvaldo Lima alertou para as apreensões que, segundo ele, “visam o licenciamento veicular atrasado, evidenciando o desvio da finalidade da Polícia Militar, entidade de segurança pública”.

O Governo do Estado ainda pode recorrer da decisão. Porém, como estamos em período de campanha eleitoral, provavelmente não haverá, por enquanto, esta reação antipática.

As blitze são alvo de muitas reclamações por parte de motoristas e motociclistas.