As sessões da próxima legislatura da Câmara Municipal de Feira de Santana, que se inicia em 1° de Janeiro de 2021, não vão contar com a presença de um dos seus frequentadores mais assíduos. MTF, como ficou conhecido o folclórico Manoel Telles Ferreira, faleceu no final no final da tarde deste domingo (27), vítima e covid-19.

O "engenheiro" MTF, 55 anos, foi mais uma das vítimas fatais do coronavírus Covid-19. Estava internado em um hospital da cidade em tratamento, mas o quadro clínico dele se agravou e veio a óbito.

Residente no bairro George Américo, era pessoa folclórica que marcava presença em todas as sessões ordinárias da Câmara Municipal, além de muitas vezes aparecer também em eventos públicos, como atos cívicos e religiosos. E não passava despercebido em função de seus questionamentos e por gostar de solicitar sempre um "aparte" para expressar suas opiniões no microfone.

Ainda que vivendo num mundo paralelo ao da realidade, mantinha relacionamento amistoso com todos. E chamava a atenção com seu tradicional capacete com garfo e faca encravados, contrastando com o inseparável paletó e um colar de contas dos Filhos de Ghandi.