Faleceu na manhã deste domingo (6) o artista feirense Márcio Antônio Silva dos Santos, o Márcio Punk. Ele lutava contra um câncer no pulmão há mais de um ano. 

Ativo no cenário cultural feirense por mais de 20 anos, Punk deixa um legado de valorização da cultura local. Foi o idealizador do movimento “O beco é nosso”, levando arte e cultura para o Beco da Energia, onde existem casas de prostituição no centro do comércio de Feira de Santana.

Márcio deixa dois filhos: Erik e Malu. O velório e o sepultamento do artista deverão ter presença restrita por conta da pandemia de coronavírus.

“Sem dúvidas um grande artista, além de um ser humano solidário com a dor do próximo. Em vida, fez tudo que foi capaz para resgatar nossas raízes e a cultura do nosso povo”, salienta o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Jairinho Carneiro.