Os partidos políticos que disputam as eleições 2020 em Feira de Santana, como em qualquer outra parte do país, têm até esta segunda (26) para fazerem as substituições de seus candidatos a prefeito, vice-prefeito ou vereadores. Para o pleito do próximo dia 15 de novembro estão concorrendo nove chapas à majoritária em Feira, além de centenas de candidatos às 21 vagas na Câmara Municipal.

O pedido de substituição de candidatos a prefeito ou vereador deve ser feito pelos partidos ou coligações junto à Justiça Eleitoral. E, com base na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), pode ser substituído o candidato que for considerado inelegível, renunciar ou falecer após o termo final do prazo do registro ou, ainda, tiver seu registro indeferido ou cancelado.

Conforme a lei, o prazo máximo de substituição do candidato é até 20 dias antes do primeiro turno do pleito, que será este ano no dia 15 de novembro. E também, de acordo com as determinações das leis eleitorais, a solicitação da substituição deve ser feita em até 10 dias após o fato que gerou a necessidade de substituição do candidato.

Já no caso de falecimento do candidato, o prazo é de até 10 dias do fato.