Mesmo sendo do grupo do Governo do Estado e aliado do governador Rui Costa, o ex-deputado estadual e candidato a prefeito de Feira de Santana, Carlos Geilson, fez uma análise imparcial e equilibrada sobre a deficiência da segurança pública no município, onde uma pessoa morre assassinada por dia nos últimos 13 anos. E coloca a responsabilidade na conta do deputado federal Zé Neto, candidato a prefeito pelo PT.

A análise foi feita por Carlos Geilson durante entrevista ao programa Acorda Cidade, da Rádio Sociedade de Feira, ancorado pelo radialista Dilton Coutinho. Geilson foi imparcial! Admitiu que o Governo do Estado está falhando neste quesito em Feira e apontou as responsabilidades pelo problema que preocupa toda a população feirense.

Geilson botou o problema da falha na segurança pública na conta do deputado federal Zé Neto. Afirmou que é o parlamentar o único que indica todos (os cargos do Estado em Feira de Santana), desde delegados e até comandantes da PM, que são responsáveis pelas ações sem êxito para conter a escalada da violência no município.

Para o candidato do Podemos, não tem como negar a responsabilidade do deputado nesta questão. “Notadamente, segurança pública é um quesito que o Governo Estadual vai muito mal em Feira de Santana. O deputado Zé Neto tem culpa nesse problema da segurança pública, não tem como tirar as impressões digitais do deputado Zé Neto, porque é ele quem indica delegado, comando da Polícia Militar, enfim, todas as indicações passam pelo crivo do deputado”, revelou.