A Embasa está esburacando ruas e avenidas de Feira de Santana, após a execução de obras. O problema vem se agravando bastante nos últimos dias, em pleno período eleitoral.

Um destes locais que vem sofrendo com as manobras da Embasa é a avenida Sudene, uma das principais vias de acesso do Centro Industrial do Subaé (CIS). Nesta artéria o acesso de veículos está comprometido pela buraqueira.

O problema é observado por quem transita pelo local como uma "coincidência " em período eleitoral, já que a Embasa deixou uma das principais avenidas de um importante setor produtivo da economia feirense numa situação deplorável.

O questionamento é: será que não tem interesse político por trás destas ações da Embasa? Este tem sido um dos principais comentários nas rodas de conversa sobre política na cidade.

A impressão, segundo os observadores, é que haveria interesse em provocar desgaste no Governo Municipal, tentando passar a ideia é que o problema é gerado pela Prefeitura, quando foi provocado pela Embasa, estatal do Governo do Estado.

O mesmo problema também é constatado em diversas outras ruas de Feira de Santana. No bairro Sobradinho, por exemplo, após abrir a pavimentação da rua Santa Cruz, nas imediações da interseção com a rua Arivaldo de Carvalho,  crateras e entulhos foram deixados pra trás, provocando indignação aos motoristas e transeuntes.