Eleita deputada federal na onda de Bolsonaro, a candidata a prefeita de Feira de Santana pelo PSL, Dayane Pimentel, tem um vídeo viralizando nas redes sociais. Embora não seja nova, a gravação mostra, literalmente, uma “saia justa” da parlamentar ao embarcar para Brasília, no Aeroporto de Salvador.

Dayane Pimentel foi questionada por uma cidadã, que se identificou como advogada, sobre como a parlamentar se sentia tendo “abandonado” o presidente da República, após ter sido eleita com a ajuda dele.

Durante vídeo de 1min50seg, a mulher inicia a pergunta com um questionamento contundente: “Professor Dayane Pimentel, como você se sente com o repúdio dos baianos por ter abandonado o presidente Bolsonaro, aquele que te deu espaço, aquele que fez você chegar onde você chegou?”, perguntou, ao ser interrompida pela parlamentar que argumentou: “Sou Bolsonaro, minha linda”!

A mulher fez nova pergunta: “Você é Bolsonaro? Tendo traído Bolsonaro desse jeito? Você não tem vergonha não, professora Dayane Pimentel? A senhora que veio do nimbo. A senhora veio de onde, professora Dayane Pimentel? Que coisa feia, professora Dayane Pimentel!!!”, continuou, ao ser momentaneamente interrompida novamente pela parlamentar, que alertou: “veja o que você está fazendo, medíocre! Feche a cara, medíocre...”.

Então, a mulher, não identificada, continua: “Estou dizendo para você que a senhora foi oportunista. Eu sou advogada há 20 anos. A gente está com vergonha da senhora. A senhora não representa a direita da Bahia. Então, a deputada interrompe e afirma, como se conhecesse a suposta advogada, que teria sido por isso que ela teve 7 mil votos e eu (Dayane) tive 136 mil.

O bate-boca continuou entre ambas enquanto a mulher afirmava: “eu sou pequena e sou medíocre porque eu não traio o meu presidente Bolsonaro”. E afirmou que quer a prestação de contas do Fundo Partidário.