O deputado federal Zé Neto, candidato do PT a prefeito de Feira no segundo turno das eleições, não comentou a notícia exclusiva do Protagonista, sobre o rompimento do radialista Carlos Geílson com o grupo do PT e, consequente, apoio declarado a Colbert Filho (leia mais).

Em entrevista ao programa De Olho na Cidade, do radialista Jorge Bianchi, Zé Neto, questionado sobre a posição de Geílson, disse que não comentaria.

A decisão de Geílson, informada em primeira mão pelo Protagonista, não chegou a ser surpresa, mesmo para os mais entusiastas petistas feirenses. Em várias entrevistas ao Protagonista, Geílson expôs a relação conflituosa com Zé Neto, chegando a definir o deputado petista como “egoísta”.

Tratado como patinho feio no governo estadual, Geílson foi nomeado Ouvidor Geral, mas o cargo, bem abaixo de suas expectativas e representatividade, nunca foi bem digerido.

O fim dessa relação acontece no fim da tarde desta quinta (19) com o anúncio do apoio de Geílson a Colbert, dando um “adeus” a Rui Costa e o PT.