Notícia

Atualizado em: 06-02-2024 14:47

Casa do Terror: nova denúncia de morte de bebê envolve o Hospital Estadual da Criança

O casal Alexandre e Maria exige justiça pela morte da filha
Casa do Terror: nova denúncia de morte de bebê envolve o Hospital Estadual da Criança Casa do Terror: nova denúncia de morte de bebê envolve o Hospital Estadual da Criança

Após o Protagonista denunciar a morte absurda do bebê Bryan Bastos Barreto, de 1 ano e 3 meses (VEJA), um outro caso vem à tona no Hospital Estadual da Criança (HEC) de Feira de Santana. A unidade virou uma "casa do terror".

Durante uma manifestação de protesto feita por familiares de Bryan, com a participação de amigos e pessoas da comunidade, o casal Alexandre Vieira e a esposa, Maria de Jesus dos Santos, denunciou o falecimento da filha Maria Valentina, recém-nascida, fato ocorrido também no Hospital Estadual da Criança.

Segundo Alexandre, em entrevista ao repórter Denivaldo Costa, do blog Central de Polícia, a esposa Maria, gestante, deu entrada no HEC em 9 de outubro de 2023 e teve o parto induzido. Conforme o pai do bebê relatou, com documentação, a esposa apresentava problemas de saúde que tornavam inviável o parto da maneira proposta pelo hospital.

“Ela (Valentina) nasceu dia 11, e após 12 horas, morreu. Alegaram no hospital problemas cardíacos, mas todos os exames e a triagem na unidade mostraram o contrário. Isso foi negligência, tenho documentação e exames médicos”, denunciou Maria à equipe do Programa Ronda Policial.
“A situação é desumana, estamos lutando por justiça. Eles não têm empatia, não são filhos deles. Estou batalhando para que isso não ocorra novamente”, afirmou Maria.

“Isso se configura um erro médico, uma dor terrível. Apresentei a documentação confirmando a gravidez de risco e, mesmo assim, induziram e obrigaram a ingerir medicamentos”, concluiu.

 

(Fonte: Blog Central de Polícia, com informações e fotos do repórter Denivaldo Costa)

Comentários (0)

Leia mais

Publicidades