Notícia

Fernando Torres sobre votação do Orçamento 2022: "vamos votar, mas não como o governo quer"

Fernando Torres diz que a Câmara vai votar o Orçamento de 2022, mas "de acordo com os interesses do povo de Feira"
Fernando Torres sobre votação do Orçamento 2022: "vamos votar, mas não como o governo quer" Fernando Torres sobre votação do Orçamento 2022: "vamos votar, mas não como o governo quer"

"Vamos votar o Orçamento quando o governo municipal o ajustar à LDO que a Câmara aprovou". A declaração é do presidente da Câmara Municipal, vereador Fernando Torres, em contato com o Protagonista na manhã desta quarta-feira (19).

Segundo o presidente do Legislativo feirense, o prefeito Colbert e seus secretários não dizem a verdade quando creditam à não-votação do Orçamento, situações de atraso salarial de prestadores de serviços da Saúde, por exemplo. "O salário que está atrasado é o de dezembro. Ainda referente ao ano de 2021. E este mês de janeiro não é afetado em nada também", salienta Torres.

"A Câmara vai cumprir seu papel e votar o Orçamento, mas de acordo com os interesses do povo de Feira de Santana, não como o governo quer", afirma Fernando. Bem ao seu estilo, Torres conclui com uma boa dose de ironia: "Só falta o prefeito Colbert e o secretário Marcelo Britto dizerem que a crise na Secretaria de Saúde e a buraqueira na cidade são culpa da Câmara. Acho que o prefeito precisa contratar uma assessoria, como Marcelo Britto fez na UPA da Queimadinha", diz.

 

Comentários (1)

Justificar um erro com outro, não tem cabimento.

Leia mais

Publicidades