Notícia

"Foi uma arapuca", acusa servidor da Prefeitura de Feira que pegou R$ 1 mil para pagar com R$ 5,3 mil

Martins Felipe só viu o tamanho do problema quando pegou o contra-cheque 15 meses depois do empréstimo
"Foi uma arapuca", acusa servidor da Prefeitura de Feira que pegou R$ 1 mil para pagar com R$ 5,3 mil "Foi uma arapuca", acusa servidor da Prefeitura de Feira que pegou R$ 1 mil para pagar com R$ 5,3 mil

Servidor da Prefeitura de Feira de Santana há 36 anos, Martins Felipe de Cerqueira levou um grande susto quando pegou o contra-cheque e viu o desconto 74,05 para 72 vezes, o que resulta em R$ 5.331 ao final do empréstimo que contraiu em uma financeira. "Me senti enganado, caí em uma arapuca", diz o servidor, que ganha apenas um salário mínimo.

O empréstimo foi feito no Cred Cesta. "Eu queria pegar o cartão do Cred Cesta para fazer compra num supermercado. Disseram que não tinha chegado o cartão, mas que eu podia pegar R$ 1 mil emprestado para pagar 74 reais por mês. Só que não me disseram que era pra 74 vezes. Como eu não tenho costume de pegar o contra-cheque, só vi que me enganaram quando já tinham descontado 15 parcelas. Vou pagar mais de R$ 5 mil por um empréstimo de só R$ 1 mil", conta o funcionário.

Martins, que é sindicalizado, procurou o SINDESP (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Feira de Santana) em busca de ajuda. E recebeu. "Vamos disponibiizar um advogado para Martins. Vamos dar este apoio jurídico. Aproveitamos para chamar a atenção dos servidores municipais para terem cautela quando forem contratar algum empréstimo, para evitarem dores de cabeça como esta", recomenda Hamilton Ramos, presidente do SINDESP.

Hamilton diz que o SINDESP tem sido procurado por servidores na mesma sidutação de Martins Felipe, em busca de orientação jurídica. "Dentro do possível temos ajudado esses servidores sindicalizados que buscam se libertarem dessa situação complicada", informa.

O Protagonista tentou contato com o cartão Cred Cesta, mas não conseguiu retorno sobre o assunto.

 

Comentários (0)

Leia mais

Publicidades