Notícia

Operadora do Hospital de Campanha apresenta explicação à Prefeitura sobre notas fiscais suspeitas; caso pode virar grande escândalo

Segundo o secretário Marcelo Britto, todos os dias uma pilha de notas está em sua mesa para averiguação
Operadora do Hospital de Campanha apresenta explicação à Prefeitura sobre notas fiscais suspeitas; caso pode virar grande escândalo Operadora do Hospital de Campanha apresenta explicação à Prefeitura sobre notas fiscais suspeitas; caso pode virar grande escândalo

Um trabalho rotineiro de verificação de notas a pagar, feito na Secretaria Municipal de Saúde, levantou a suspeita sobre notas emitidas pela empresa S3, que gerencia o Hospital de Campanha de Feira, o que pode se transformar em um grande escândalo. De acordo com o secretário Marcelo Britto, a empresa já apresentou suas explicações à SMS e, a depender do resultado, uma sindicância deverá ser instaurada.

Em contato com o Protagonista nesta sexta-feira (16), pela manhã, Marcelo Britto disse que averiguar notas a pagar de fornecedores é rotina na SMS. “Todos os dias uma pilha de notas está em minha mesa para averiguação. Uma grande equipe faz este trabalho e, quando existe alguma situação suspeita ou em dúvida, buscamos explicações, como aconteceu agora com a empresa que gerencia o Hospital de Campanha”, diz Marcelo.

“É uma coisa de doido. Muito papel para verificar. Vamos buscar a informatização”, acrescenta o secretário, salientando que a explicação da empresa já foi apresentada e está em análise por uma equipe técnica da Secretaria.

“Se a justificativa não for plausível, uma sindicância pode ser instaurada para investigar a situação. Mas volto a salientar que averiguação de notas é uma rotina na SMS”, pontua.

 

ENTENDA O CASO

O Governo Municipal solicitou da empresa que administra o Hospital de Campanha explicações sobre inconsistências em algumas notas fiscais apresentadas na prestação de contas. O Hospital de Campanha é gerido pela empresa S3.

O secretário de Saúde, Marcelo Britto, afirmou que as notas são referentes a serviços prestados pela lavanderia, e “apresentaram variação de valores”.

 

Comentários (1)

Muita fumaça... O que está atrás dela é arte de qual ente: o Público ou o Privado?

Leia mais

Política - O Protagonista
Atualizado em 12-05-2021 11:23

Chapa esquenta entre Lulinha e Sílvio Dias na sessão da Câmara


Política - O Protagonista
Atualizado em 12-05-2021 00:40

Suplente de vereador, Carlito do Peixe é nomeado DA-1 na Prefeitura de Feira


Política - O Protagonista
Atualizado em 11-05-2021 16:03

TV Subaé ignora CPI das Cestas Básicas, diz vereador


Cidade - O Protagonista
Atualizado em 11-05-2021 15:51

Novo Decreto determina mudanças nas atividades em Feira de Santana


Publicidades